Item DIST - Distintivo da Unidade Médica Expedicionária da Marinha

Abrir original objeto digital

Código de referência

RJDPHDM UMEM-DE-HE-DIST

Título

Distintivo da Unidade Médica Expedicionária da Marinha

Data(s)

  • 28/09/2009 (Produção)

Nível de descrição

Item

Dimensão e suporte

Arquivo PDF.
2 páginas.

Nome do produtor

(28/09/2009)

História administrativa

Foi realizada, no dia 14 de março, no Complexo Naval da Ilha das Flores, em São Gonçalo/RJ, a inauguração das novas instalações da Unidade Médica Expedicionária da Marinha (UMEM). A cerimônia foi presidida pelo Comandante de Operações Navais, Almirante-de-Esquadra Fernando Eduardo Studart Wiemer e contou com a presença do Diretor de Saúde da Marinha, Vice-Almirante (Md) Celso Barbosa Montenegro e do Diretor do Centro de Medicina Operativa da Marinha, Contra-Almirante (Md) José Antonio Rodrigues Cordeiro.
A UMEM, com sede no Município de São Gonçalo, Estado do Rio de Janeiro, foi criada pela Portaria nº 331, de 28 de setembro de 2009, do Comandante da Marinha, com o propósito de prestar apoio de saúde aos Grupamentos Operativos de Fuzileiros Navais (GptOpFuzNav) nas Operações Anfíbias, montar e nuclear uma Unidade Médica Nível Dois, no contexto das Operações de Paz, bem como instalações de saúde incorporadas a GptOpFuzNav nas Operações Humanitárias e em outras operações, a critério da Administração Naval. Subordinada ao Comando da Tropa de Reforço, a UMEM é a organização militar responsável pela execução das atividades de Medicina Expedicionária na MB, sob orientação técnica do Centro de Medicina Operativa da Marinha (CMOpM).
Endereço: AV. Paiva S/Nº - Ilha das Flores - Neves - São Gonçalo - RJ - Brasil - CEP 24.426-148. Tel: (00XX21) 3707-9594

Entidade custodiadora

Procedência

Âmbito e conteúdo

DESCRIÇÃO

Num escudo boleado, encimado pela coroa naval e envolto por uma elipse feita de um cabo de ouro e terminado em nó direito, em campo de prata, uma cruz ancorada de verde e carregada do símbolo de Esculápio de ouro, posto em pala; bordadura de vermelho carregada no meio do chefe com uma âncora e fuzis superpostos em aspa, de ouro.

EXPLICAÇÃO

A cruz ancorada de verde, carregada com o símbolo de Esculápio, simboliza os serviços hospitalares na Marinha, como vem ocorrendo com os distintivos dos demais Estabelecimentos congêneres na MB. A bordadura de vermelho, esmalte evocativo de denodo e intrepidez, recorda os militares brasileiros que morreram nos campos de batalha. A âncora de ouro, com os fuzis em aspa, representa o Corpo de Fuzileiros Navais, os quais contam com o apoio da área da saúde para a manutenção e recuperação da higidez do militar em atividades operativas.

Avaliação, selecção e eliminação

Ingressos adicionais

Sistema de arranjo

Condições de acesso

Livre.

Condiçoes de reprodução

Sem restrição de reprodução.

Idioma do material

  • português do Brasil

Script do material

Notas ao idioma e script

Características físicas e requisitos técnicos

Instrumentos de descrição

Existência e localização de originais

Existência e localização de cópias

Unidades de descrição relacionadas

Descrições relacionadas

Identificador(es) alternativos

Pontos de acesso de assunto

Pontos de acesso local

Ponto de acesso nome

Pontos de acesso de gênero

Identificador da descrição

Identificador da instituição

Regras ou convenções utilizadas

Status

Preliminar

Nível de detalhamento

Parcial

Datas de criação, revisão, eliminação

02/07/2019

Idioma(s)

Sistema(s) de escrita(s)

Fontes

Nota do arquivista

Lançado pelo estagiário Aidan S. Paim.

objeto digital (Master) área de direitos

objeto digital (Reference) área de direitos

objeto digital (Thumbnail) área de direitos

Zona da incorporação

Assuntos relacionados

Pessoas e organizações relacionadas

Gêneros relacionados

Lugares relacionados