Fundo NPACAE - Navio-Patrulha Macaé

Código de referência

RJDPHDM NPACAE

Título

Navio-Patrulha Macaé

Data(s)

  • 09/12/2009 (Produção)

Nível de descrição

Fundo

Dimensão e suporte

Dimensões variadas
Suportes: papel, microfilme, filme, fita e digital

Nome do produtor

(09/12/2009)

História administrativa

H i s t ó r i c o

O Navio Patrulha Macaé - P 70, é o primeiro navio a ostentar esse nome(1) na Marinha do Brasil, em homenagem ao municipio homonimo localizado na Região Norte Fluminense, que é responsável por 85% da produção de petróleo e 47% da produção de gás natural do país. Foi ordenado como parte do 1º lote de duas unidades da classe, junto com o NPa Macau - P 75. Foi construído pelo estaleiro INACE - Industria Naval do Ceará S/A, em Fortaleza, seguindo o projeto da CNM, da França. Teve sua quilha batida em 24 de novembro de 2006, foi lançado ao mar , sendo sua madrinha a Sra. Ângela Maria de Sousa da Silveira Carvalho e foi submetido a Mostra de Armamento em 9 de dezembro de 2009, em cumprimento a OD Nº 7/2009 do CEMA e ao disposto na Portaria nº 415, de 01/12/09 do CM, em cerimonia realizada em Fortaleza-CE.
Esses navios se destinam ao patrulhamento das Águas Jurisdicionais Brasileiras, devendo executar diversas tarefas, dentre elas as de, em situação de conflito, efetuar patrulha para a vigilância e defesa do litoral, de áreas marítimas costeiras e das plataformas de exploração/explotação de petróleo no mar e contribuir para defesa de porto; e, em situação de paz, promover a fiscalização que vise ao resguardo dos recursos do mar territorial, zona contígua e zona econômica exclusiva (ZEE), de repressão às atividades ilícitas (pesca ilegal, contrabando, narcotráfico e poluição do meio ambiente marinho), contribuir para a segurança das instalações costeiras e das plataformas marítimas contra ações de sabotagem e realizar operações de busca e salvamento na área de responsabilidade do Brasil.

A oficialidade da primeira Praça D´Armas do Macaé foi a seguinte:

- CC Marcio Gonçalves Martins de Assumpção Taveira - Comandante

- CT Júlio Cesar Almeida Cerqueira - Imediato

- 1º Ten. Bruno Rezende de Souza - CheMaq

- 1º Ten. Ricardo Russio Carvalhaes - EGA

- 2º Ten. Antônio Luiz Carlucio Doneda - CheOp
2010

Passou o ano realizando testes de mar e de sistemas para determinar o desenpenho padrão esperado para as demais unidades da classe.
2011

Em 11 de abril recebeu integrantes de Delegações de Marinhas Estrangeiras participantes da LAAD – Latin América Aero Defense, que estava sendo realizada no Rio de Janeiro.

Em julho continuava subordinado a DGMM - Diretoria Geral de Material da Marinha.

Quando for entregue ao setor operativo passara a atuar nas áreas de jurisdição dos 1º e 8º Distrito Naval, integrando o Grupamento de Patrulha Naval do Sudeste (GruPNSE), tendo como área de atuação o litoral dos Estados do Rio de Janeiro, São Paulo e Espírito Santo, operando a partir do Rio de Janeiro-RJ.

Em 15 de agosto esteve na Enseada Baptista das Neves, onde junto com o NVe Cisne Branco – U 20, o NPa Gurupá – P 46, o RbAM Tritão – R 21, o AvIn Guarda-Marinha Brito – U 12 e os veleiros do Grêmio de Vela do Colégio Naval, prestou Honras de Passagem aos AvIn Rosca Fina – U 31, Voga Pica – U 32 e Leva Arriba – U 32, que transportavam os integrantes da turma de 1951, fundadora do Colégio Naval, que participaram da cerimônia de 60 anos da instalação da instituição em Angra dos Reis.

Em 30 de novembro realizou uma rápida saída ao mar suspendendo do cais do Grupamento de Patrulha Naval por volta da 08:00h e retornando as 10:00h.

Em 12 de dezembro suspendeu do cais do Grupamento por volta da 06:00h.

2012

Chegou a Salvador em 3 de fevereiro por volta das 07:30h.

Em 5 de fevereiro suspendeu de Salvador, por volta das 09:00h, seguindo pelo litoral rumo ao norte.

Em 13 de julho chegou a Vitória-ES, procedente de Aratu-BA.

Em 16 de julho suspendeu de Vitória chegando ao Rio de Janeiro no dia 17, atracando no cais do 1º DN por volta das 12:00h.

Em 5 de setembro, em cerimônia realizada no Cais Sul Interno do Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro, presidida pelo Comandante de Operações Navais, AE Gilberto Max Roffé Hirschfeld, foi transferido do Setor de Material para o Setor Operativo, contando também com a presença do AE Arthur Pires Ramos, Diretor Geral do Material da Marinha, VA Elis Treidler Öberg, Comandante do 1º Distrito Naval e da Ângela Maria de Sousa da Silveira Carvalho, Madrinha do Navio.
Em 7 de setembro participou do Desfile Naval realizado na Orla do Rio de Janeiro em comemoração aos 190º Aniversário da Independência do Brasil da qual participaram o NVe Cisne Branco – U 20, o NDCC Almirante Sabóia – G 25, as F Niterói – F 40, Independência – F 44, União – F 45 e Bosísio - F 48, a Cv Barroso – V 34, o S Tamoio – S 31, o NHo Cruzeiro do Sul – H 38, os NPa Guaporé – P 45, Gurupi – P 47 e Macaé – P 70, o RbAM Almirante Guillobel – R 25, além da Cv ARA Gomez Roca – P 46, da Armada Argentina, e da F ROU Uruguay – ROU 01, da Armada Uruguaia. Também participaram do desfile aeronaves da Força Aeronaval.
Entre 26 de setembro e 5 de dezembro, realizou sua primeira comissão operativa participando da 19º Expedição do Programa de Pesquisas Cientificas na Ilha da Trindade, através da comissão PROTRINDADE VIII/12. Nessa comissão prestou apoio logístico a Secretaria Interministerial de Recursos do Mar (SECIRM) transportando treze pesquisadores selecionados pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Cientifico e Tecnológico (CNPq) pertencentes às seguintes Universidades e Centros de Pesquisas: UNESP e UERJ, na área de geologia; UFRN, UFES e SISBIOTA-MAR, na área de biologia marinha; e o Instituto de Pesquisas Espaciais (INPE), na área de Meteorologia.

Em 5 de outubro, no retorno ao Rio de Janeiro, tomou parte junto com a F Bosisio – F 48, entre outros navios, do Desfile Naval que recepcionou na entrada da Baía da Guanabara o NPaOc Amazonas – P 120, em sua chegada ao Rio de Janeiro.

Entre 19 e 22 de outubro esteve em Santos-SP, sendo essa a sua primeira visita ao complexo portuário paulista.
Entre 24 e 27 de novembro esteve em Vitória-ES, durante comissão de patrulha pela costa do Rio de Janeiro, Espirito Santo e Bacia de Campos.

2013

Suspendeu de Arraial do Cabo no final da noite de 7 de janeiro, atracando na Ilha das Cobras por volta das 08:00 h do dia seguinte.

Suspendeu de Macaé no final da tarde de 13 de janeiro, chegando ao Rio de Janeiro na manhã do dia 14.

No inicio da tarde de 19 de fevereiro, suspendeu do cais do 1º DN para realizar patrulha nos litorais do Rio de Janeiro e São Paulo. No final da tarde de 20 de fevereiro realizou exercício de navegação em águas restritas na boca da barra e canal de acesso ao porto de Santos. Permaneceu durante todo o dia 21 de fevereiro no fundeadouro n.º 1, ao largo de Santos. No dia 22 realizou exercício e patrulhamento no canal do porto de Santos operando com unidades da Policia Naval da Capitania dos Portos de São Paulo.

Em 24 de fevereiro suspendeu de Santos sendo substituído pelo NPa Gurupí – P 47 nas operações com a Policia Naval da CPSP. Chegou ao Rio de Janeiro na tarde de 26 de fevereiro, procedente do litoral norte do Rio.

O navio participaria da Operação PAMPAREX/2013, que foi realizada no período de 23 de março a 8 de abril, mas foi substituído pelo NPaOc Amazonas – P 120.

Realizou estação de patrulha no litoral de São Paulo visitando o porto de Santos entre os dias 29 de junho e 1º de julho.

No dia 29 de junho realizou ação de Policia Naval em conjunto com o AviPa Albacora - GptPNSE 02e a LP Cavala - CPSP 20 na Baía de Santos.
Nos dias 7 e 8 de julho estava operando no canal de São Sebastião-SP.
Na noite do dia 25 de julho, o NPa Macaé realizou dois salvamentos na área da Restinga da Marambaia. Por volta das 19h00, o SALVAMAR SUESTE recebeu a informação de que a embarcação de Esporte e Recreio "Carolina Sea Eagle", com quatro tripulantes, estava à deriva por problemas nos motores. A lancha estava localizada a 3 milhas náuticas da Restinga da Marambaia e se aproximava de um paredão de pedras. A embarcação foi rebocada até uma área abrigada próxima a Delegacia da Capitania dos Portos em Angra dos Reis, com os tripulantes a salvo.
Por volta das 23h00, do mesmo dia, a Agência da Capitania dos Portos em Parati informou ao SALVAMAR SUESTE que o veleiro "Parru", com cinco tripulantes, estava com pane elétrica e água entrando pela proa. No momento do aviso, os tripulantes haviam abandonado o veleiro e embarcado na balsa salva-vidas. Após algumas horas de busca, sem sucesso, a tripulação do Macaé conseguiu contatar os náufragos por telefone e os instruiu a acionar os sinalizadores do kit de sobrevivência da balsa. O sinalizador foi avistado pelo Macaé, a cerca de 2 milhas náuticas da Restinga da Marambaia, e o resgate efetuado com sucesso.
Em 12 de agosto suspendeu do Rio de Janeiro seguinto para Vitoria onde chegou em 16 de agosto. Suspendeu de Vitória no dia 19 e chegou no Rio de Janeiro no dia 21.

Na manhã de 9 de setembro, suspendeu de Vitória aonde havia participado da comemorações da Semana da Independência.

Datas:
Batimento de Quilha: 24 de novembro de 2006
Incorporação: 9 de dezembro de 2009

Entidade custodiadora

Procedência

Navio-Patrulha Macaé.

Âmbito e conteúdo

Documentos relacionados ao Navio-Patrulha Macaé.

Avaliação, selecção e eliminação

Ingressos adicionais

Sistema de arranjo

Condições de acesso

Livre acesso.

Condiçoes de reprodução

Sem restrição de reprodução.

Idioma do material

  • português do Brasil

Script do material

Notas ao idioma e script

Características físicas e requisitos técnicos

Instrumentos de descrição

Existência e localização de originais

Existência e localização de cópias

Unidades de descrição relacionadas

Descrições relacionadas

Identificador(es) alternativos

Pontos de acesso de assunto

Pontos de acesso local

Ponto de acesso nome

Pontos de acesso de gênero

Identificador da descrição

Identificador da instituição

Regras ou convenções utilizadas

Status

Final

Nível de detalhamento

Parcial

Datas de criação, revisão, eliminação

23/10/2013

Idioma(s)

Sistema(s) de escrita(s)

Fontes

Zona da incorporação

Assuntos relacionados

Pessoas e organizações relacionadas

Gêneros relacionados

Lugares relacionados