Fundo NAOEMI - Navio de Apoio Oceânico Iguatemi

Código de referência

RJDPHDM NAOEMI

Título

Navio de Apoio Oceânico Iguatemi

Data(s)

  • 2018-09-07 - ? (Produção)

Nível de descrição

Fundo

Dimensão e suporte

Dimensões variadas
Suportes: papel, microfilme, filme, fita e digital

Nome do produtor

(09/07/2018)

História administrativa

O Navio de Apoio Oceânico Iguatemi foi construído na Índia, entre os anos de 2009 e 2011, no Shipyard estaleiro ABG. Inicialmente, receberam o nome “Sea Stoat”, para emprego como Navio de Suporte, Suprimento e Rebocador, para reabastecimento de plataformas e, caso necessário, prestar serviço de combate a incêndio.

No século XXI, constatamos relevantes mudanças para a atividade humana. No campo da defesa, o monitoramento e controle das áreas marítimas, tanto em zonas costeiras como em oceânicas, assumiu papel de grande relevância; em especial, nos países cujas águas, leito e subsolo possuem grandes riquezas minerais e recursos hídricos.

A crescente conscientização da importância política, estratégica e econômica da “Amazônia Azul”, contribui para a alocação de recursos que possibilitam a obtenção de meios navais necessários para a fiscalização, dos quase 4,5 milhões de quilômetros quadrados referentes às Águas Jurisdicionais Brasileiras: A Amazônia Azul, onde estão os pilares da sobrevivência e prosperidade do Brasil.

A aquisição do NApOc agrega grande capacidade operacional, ampliando as ações de Patrulha e Inspeção Naval, voltadas à segurança da navegação, prevenção da poluição ambiental e, para a busca e salvamento, ao longo da extensa área marítima sob a responsabilidade do nosso País. Também deve ser destacada a atuação pioneira da Diretoria de Gestão de Projetos Estratégicos da Marinha e da Empresa Gerencial de Projetos Navais, uma parceria, sob orientação da Diretoria-Geral do Material da Marinha, que propiciou o aprimoramento dos processos de obtenção de meios para a MB.

O nome “Iguatemi” origina do tupi-guarani, que significa “rio que dá voltas, sinuoso”, importante rio do estado do Mato Grosso do Sul, afluente da margem direita do Rio Paraná. Outros três navios da MB receberam esse nome, uma Canhoneira, Torpedeira e uma Corveta da Classe Imperial Marinheiro, incorporada à Armada, em 01AGO1955. A Mostra de Desarmamento da Corveta “Iguatemi” ocorreu em 09AGO1995.

Assim, o NApOc Iguatemi, terá, a partir deste momento, a grande responsabilidade de dar continuidade ao legado de protagonismo dos seus antecessores.

Entidade custodiadora

Procedência

Navio de Apoio Oceânico Iguatemi

Âmbito e conteúdo

Documentos relacionados ao Navio de Apoio Oceânico Iguatemi

Avaliação, selecção e eliminação

Ingressos adicionais

Sistema de arranjo

Condições de acesso

Livre acesso.

Condiçoes de reprodução

Sem restrição de reprodução.

Idioma do material

  • português do Brasil

Script do material

Notas ao idioma e script

Características físicas e requisitos técnicos

Instrumentos de descrição

Existência e localização de originais

Existência e localização de cópias

Unidades de descrição relacionadas

Descrições relacionadas

Identificador(es) alternativos

Pontos de acesso de assunto

Pontos de acesso local

Ponto de acesso nome

Pontos de acesso de gênero

Identificador da descrição

Identificador da instituição

Regras ou convenções utilizadas

Status

Preliminar

Nível de detalhamento

Parcial

Datas de criação, revisão, eliminação

10/07/2018

Idioma(s)

Sistema(s) de escrita(s)

Fontes

Nota do arquivista

Inserido por SO-RM1 Calixto

Zona da incorporação

Assuntos relacionados

Pessoas e organizações relacionadas

Gêneros relacionados

Lugares relacionados