Item DIST - Distintivo do Hospital Naval de Recife

Abrir original objeto digital

Código de referência

RJDPHDM HOSRCF-DE-HE-DIST

Título

Distintivo do Hospital Naval de Recife

Data(s)

  • 29/10/1943 (Produção)

Nível de descrição

Item

Dimensão e suporte

Arquivo PDF.
2 páginas.

Nome do produtor

(29/10/1943)

História administrativa

Ao eclodir a 2° Guerra Mundial e com a entrada do Brasil no conflito foi Criado a Força Naval do Nordeste e o Comando Naval do Nordeste, posteriormente 3° Distrito Naval. Em 29/10/1943, oficialmente, a Marinha instalou o seu serviço de Saúde do 3° Distrito Naval, sob a chefia do Capitão-Tenente (Md) Laurindo Gomes de Vasconcelos, aqui chegado embarcado no Encouraçado São Paulo. No início da década de 1960, o Capitão-de-Fragata José Portela de Macedo com apoio do Comandante do 3° Distrito Naval, Vice-Almirante Augusto Roque Dias Fernandes, promoveu a adaptação de um prédio residencial , localizado na Av. Cruz Cabugá, no Ambulatório Médico Naval (inaugurado em 11/06/1961). Logo em seguida o conjunto de Enfermarias e Ambulatórios recebeu o nome de SERVIÇO DE ASSISTÊNCIA MÉDICA, ODONTOLÓGICA E HOSPITALAR – SAMOH (Embrião do futuro HNRe). Em 1963 foi inaugurada a Maternidade Naval Nossa Senhora do Carmo, que posteriormente seria incorporada ao atual HNRe.

Entidade custodiadora

Procedência

Âmbito e conteúdo

DESCRIÇÃO

Num escudo boleado, encimado pela coroa naval e envolto por uma elipse feita de um cabo de ouro terminado em nó direito, em campo de prata, uma cruz ancorada de verde e carregada do símbolo de Esculápio de ouro, posto em pala; bordadura de vermelho carregada de um leão de ouro, deitado e vigilante e de duas faixas ondadas de prata, aquele em chefe e estas dispostas uma em cada flanco.

EXPLICAÇÃO

A cruz ancorada de verde, carregada do símbolo de Esculápio de ouro em campo de prata, indica os serviços hospitalares na Marinha, como vem ocorrendo com os distintivos dos demais Estabelecimentos congêneres na MB. Na bordadura de vermelho, esmalte evocativo de denodo e intrepidez, o leão de ouro em chefe representa o Leão do Norte, símbolo da bravura dos pernambucanos e as duas faixas ondadas de prata nos flancos aludem aos rios Beberibe e Capibaribe que banham o Recife, cidade onde se situa o Hospital em apreço e que lhe dá o nome.

Avaliação, selecção e eliminação

Ingressos adicionais

Sistema de arranjo

Condições de acesso

Livre.

Condiçoes de reprodução

Sem restrição de reprodução.

Idioma do material

  • português do Brasil

Script do material

Notas ao idioma e script

Características físicas e requisitos técnicos

Instrumentos de descrição

Existência e localização de originais

Existência e localização de cópias

Unidades de descrição relacionadas

Descrições relacionadas

Identificador(es) alternativos

Pontos de acesso de assunto

Pontos de acesso local

Ponto de acesso nome

Pontos de acesso de gênero

Identificador da descrição

Identificador da instituição

Regras ou convenções utilizadas

Status

Preliminar

Nível de detalhamento

Parcial

Datas de criação, revisão, eliminação

25/07/2019

Idioma(s)

Sistema(s) de escrita(s)

Fontes

Nota do arquivista

Lançado pelo estagiário Aidan S. Paim.

objeto digital (Master) área de direitos

objeto digital (Reference) área de direitos

objeto digital (Thumbnail) área de direitos

Zona da incorporação

Assuntos relacionados

Pessoas e organizações relacionadas

Gêneros relacionados

Lugares relacionados