Fragata União

Área de identificação

tipo de entidade

Entidade coletiva

Forma autorizada do nome

Fragata União

Forma(s) paralela(s) de nome

  • FUnião

Formas normalizadas do nome de acordo com outras regras

  • FUNIAO

Outra(s) forma(s) do nome

  • 91616

identificadores para entidades coletivas

área de descrição

datas de existência

20/11/1978

história

Pertence à Classe Niterói Mk 10.
A Fragata União - F 45, é o sexto navio a ostentar esse nome na Marinha do Brasil. A União foi a sexta e última de uma série de 6 fragatas da classe Niterói ordenadas em 20 de setembro de 1970 como parte do Programa de Renovação e Ampliação de Meios Flutuantes da Marinha, e a segunda construída pelo AMRJ - Arsenal de Marinha do Rio de Janeiro, Ilha das Cobras, Rio de Janeiro. Teve sua quilha batida em cerimônia conjunta com a da F Independência em 11 de junho de 1972, foi lançada e batizada em 14 de março de 1975, tendo como Madrinha a Sra. Hilda Faria Lima, esposa do então Governador do Estado do Rio de Janeiro. Entre 2 de junho e 30 de julho, realizou as Provas de Mar, tendo disparado nessa ocasião 44 tiros com o canhão de 4.5 pol e dois foguetes A/S com o Boroc. Depois de realizar as provas de mar, foi aceita e incorporada em 12 de setembro de 1980.

D a t a s:
Batimento de Quilha: 11 de junho de 1972
Lançamento: 14 de março de 1975
Incorporação: 12 de setembro de 1980

C a r a c t e r í s t i c a s:
Deslocamento: 3.200 ton (padrão), 3.800 ton (carregado).
Dimensões: 129.2 m de comprimento, 13.5 m de boca e 5.9 m de calado.
Propulsão: CODOG (Combined Diesel or Gas) com 2 turbinas a gás Rolls-Royce Olympus TM3B 28.000 shp cada; 4 motores MTU 16V956 TB91 de 3.940 bhp cada, acoplados a dois eixos e dois hélices Escher-Wyss passo variável.
Eletricidade: 4 geradores diesel de 1.000 kw cada.
Velocidade: máxima de 30.5 nós.
Raio de ação: 1.300 milhas náuticas a 28 nós (turbinas Olympus) ou 4.200 a 19 nós (4 motores diesel).
Armamento: 1 reparo singelo do canhão Vickers Mk 8 de 4.5 polegadas/55 calibres (114mm); 2 reparos singelos do canhão Bofors L/70 de 40 mm; 1 lançador de mísseis anti-submarinos Ikara; 2 lançadores triplos de mísseis antiaéreos de defesa de ponto Sea Cat; um morteiro duplo do foguetes SR-375 BOROC de 375mm, 2 lançadores triplos STWS Mk 1 de torpedos A/S de 324mm, 2 lançadores de foguetes Schermully e 2 lançadores de foguetes iluminativos Rocket Flare.
Sensores: 1 radar de vigilância aérea tipo Plessey AWS-2, com o IFF Mk 10; 1 radar de vigilância de superfície ZW-06; agulhas giroscópicas Sperry Mk-19; 2 radares de direção de tiro Orion RTN-10X; MAGE FH-5 radiogoniometro HF D/F; Decca RDL-2/5 e CDL-160 radiogoniometro VHF; e sonar de casco EDO-610E.
Sistema de Dados Táticos: CAAIS, com Link 11.
Aeronaves: 1 helicóptero Westland SAH-11 Lynx.
Código Internacional de Chamada: PWUN
Tripulação: 209 homens, sendo 22 oficiais e 187 praças.
Obs: Características da época da incorporação.

Locais

status legal

funções, ocupações e atividades

Mandatos/Fontes de autoridade

Estruturas internas/genealogia

contexto geral

Área de relacionamento

Área de ponto de acesso

Ocupações

Área de controle

Identificador do registro de autoridade

Identificador da instituição

Regras ou convenções utilizadas

Status

Final

Nível de detalhamento

Parcial

Datas de criação, revisão e eliminação

Idioma(s)

Sistema(s) de escrita(s)

Fontes

Notas de manutenção

  • Área de Transferência

  • Exportar

  • EAC