Item DIST - Distintivo do Batalhão de Comando e Controle

Abrir original objeto digital

Código de referência

RJDPHDM BTLCMC-DE-HE-DIST

Título

Distintivo do Batalhão de Comando e Controle

Data(s)

  • 22/10/2002 (Produção)

Nível de descrição

Item

Dimensão e suporte

Arquivo PDF.
2 páginas.

Nome do produtor

(22/10/2002)

História administrativa

Em virtude da Reestruturação da Força de Fuzileiros da Esquadra, foram extintas, através das Portarias 289/MB, 288/MB e 281/MB, todas de 22 de outubro de 2002, respectivamente, a Companhia de Comunicações, Companhia de Comando da Divisão Anfíbia e Companhia de Guerra Eletrônica e foi criado, pela Portaria 287/CM, de 22 de outubro de 2002, o Batalhão de Comando e Controle (BtlCmdoCt), composto das três Companhias acima, sendo ativado no dia 26 de março de 2003.

É uma Organização Militar com semi-autonomia administrativa sob o comando de um Capitão de Fragata (FN), devendo ser apoiada pela Base de Fuzileiros Navais da Ilha do Governador, que proverá os recursos de pessoal e financeiros necessários à execução de suas atividades administrativas

É sediado na Cidade do Rio de Janeiro, Estado do Rio de Janeiro e subordinado ao Comando da Divisão Anfíbia (ComDivAnf), com o propósito de prover o apoio às atividades de inteligência, comando e controle aos Grupamentos Operativos de Fuzileiros Navais (GptOpFuzNav).

A cerimônia de Ativação ocorreu no dia 26 de março de 2003, tendo sido presidida pelo Exmº. Sr. Almirante-de-Esquadra RAYDER ALENCAR DA SILVEIRA, Comandante de Operações Navais.

Endereço: Estrada do Quilombo, S/N - Bananal - Ilha do Governador - Rio de Janeiro - RJ - Brasil. CEP: 21911-016.
Telefone (s): (21) 3386-4494.

Entidade custodiadora

Procedência

Âmbito e conteúdo

DESCRIÇÃO

Num escudo boleado, encimado pela coroa naval, chefe de verde, partido em contrabanda com faixado ondado de azul e prata de sete peças, tendo brocante, a cabeça de Argus, de preto, a espada com lâmina de prata e cabo de ouro, disposta em pala e apontada para cima e a antena de comunicação, de preto. Campo de vermelho com dois fuzis, de ouro, passados em aspa, tendo uma âncora superposta em pala e do mesmo metal.

EXPLICAÇÃO
O campo verde representa a terra, e o faixado ondado o mar, locais de atuação do Batalhão de Comando e Controle de Fuzileiros Navais, a cabeça de Argus representa a figura mitológica a quem se atribui a fundação da cidade-estado grega do mesmo nome, sendo também o criador de vasta rede de informações visando a expandir o poderio de sua cidade-estado. A espada alude à missão do Batalhão em assegurar o exercício de comando aos Grupamentos Operativos de Fuzileiros Navais e a antena de comunicação evoca a missão de controle do Batalhão em apreço. No cortado de vermelho, esmalte evocativo da bravura, denodo e intrepidez, predicados dos Fuzileiros Navais do Brasil, os fuzis e a âncora de ouro assim dispostos constituem seu próprio distintivo.

Avaliação, selecção e eliminação

Ingressos adicionais

Sistema de arranjo

Condições de acesso

Livre.

Condiçoes de reprodução

Sem restrição de reprodução.

Idioma do material

  • português do Brasil

Script do material

Notas ao idioma e script

Características físicas e requisitos técnicos

Instrumentos de descrição

Existência e localização de originais

Existência e localização de cópias

Unidades de descrição relacionadas

Descrições relacionadas

Identificador(es) alternativos

Pontos de acesso de assunto

Pontos de acesso local

Ponto de acesso nome

Pontos de acesso de gênero

Identificador da descrição

Identificador da instituição

Regras ou convenções utilizadas

Status

Preliminar

Nível de detalhamento

Parcial

Datas de criação, revisão, eliminação

30/04/2019

Idioma(s)

Sistema(s) de escrita(s)

Fontes

Nota do arquivista

Lançado pelo estagiário Aidan S. Paim.

objeto digital (Master) área de direitos

objeto digital (Reference) área de direitos

objeto digital (Thumbnail) área de direitos

Zona da incorporação

Assuntos relacionados

Pessoas e organizações relacionadas

Gêneros relacionados

Lugares relacionados